Belém do São Francisco promove ações de valorização do Patrimônio Cultural

09/08/2018 - Postado por Eugênio Menezes

Conhecida pela vocação educacional e pela produção artístico-cultural, Belém do São Francisco, cidade do sertão pernambucano, integrará a XI Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco. O evento proposto pela FUNDARPE (Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco) e Secretaria de Cultura do Estado em parceira com museus, instituições de ensino e Prefeituras Municipais, tem como objetivo realizar ações alusivas ao Dia Nacional do Patrimônio Cultural (17 de agosto), abrindo espaços para as vivências culturais e propiciando reflexões sobre a preservação e a promoção dos bens culturais.

 

Com o tema “Gestão Compartilhada: perspectivas e desafios” a XI Semana do Patrimônio Cultural conta com a participação de 16 municípios: Abreu e Lima, Brejo da Madre de Deus, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Caruaru, Floresta, Glória do Goitá, Gravatá, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Recife, Tamandaré, Vicência e Belém do São Francisco, que participa do projeto desde 2017 por meio de ações promovidas e articuladas pelo Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura, Juventude e Diversidade.

 

Para Michel Duarte, Museólogo e Secretário municipal de Cultura, o evento tem sido uma ótima oportunidade para que o povo belemita conheça e reconheça suas referências culturais, perceba a diversidade de elemento que a compõe, reflita sobre as possibilidades de uso e perspectivas para o futuro de seu patrimônio. Relembra que em 2017 o evento contou com ações diversas e teve boa participação do público. Este ano pretende ter um público ainda maior.

 

O destaque na programação local será o espetáculo “Alma do Patrimônio”. A montagem teatral será ao ar-livre e percorrerá as principais ruas do centro da cidade, tendo como mote e cenários suas construções históricas. Em cena, personagens fantasmagóricos, contam lendas locais, história de antigas construções, num enredo que mistura fatos reais e fictícios. Com texto de Michel Duarte Ferraz e Tom Dunes o espetáculo contará com contingente de atores, figurantes, equipe de iluminação e produção voluntária da comunidade. A montagem terá público estimado de aproximadamente 1.000 expectadores.

 

Para o ator e diretor teatral Tom Dunes, coordenador das ações, a ampliação das atividades desenvolvidas em 2018 por diversas instituições revela o quanto Belém do São Francisco está interessada no debate do Patrimônio Cultural, ressalta ainda que a participação das crianças nas múltiplas ações é de fundamental importância para formação da consciência patrimonial das novas gerações.

 

Este ano a programação local foi montada com instituições parceiras: Escola Professora Olindina Roriz Dantas / AGRODAN Social, Clube dos Artífices, Casa de Antonella e Biblioteca Pública Professor Manoel Costa Cavalcanti. Para tornar possível a realização do evento, além do financiamento da Prefeitura Municipal, as ações contarão com o patrocínio da Agropecuária Roriz Dantas (AGRODAN).

 

Segue a programação completa do evento:

 

13 DE AGOSTO

9h às 11h – Cantigas de roda d’água

Local: Escola Professora Olindina Roriz Dantas

Rodovia Álvaro Dantas de Almeida (Rodovia Estadual PE-420), zona rural

Público-alvo: alunos do 1 º ano do Ensino Fundamental (anos iniciais) da Escola

Professora Olindina Roriz Dantas

 

14 DE AGOSTO

9h às 12h – Brinquedo meu-e-seu

Local: Escola Professora Olindina Roriz Dantas

Rodovia Álvaro Dantas de Almeida (Rodovia Estadual PE-420), zona rural

Público-alvo: alunos do 2º ano do Ensino Fundamental (anos iniciais) da Escola

Professora Olindina Roriz Dantas

 

15 DE AGOSTO

8h às 15h – Belenear: andanças pelo sítio histórico do meu lugar

Local: Ruas do centro de Belém do São Francisco

Público-alvo: alunos do 3º ano do Ensino Fundamental (anos iniciais) da Escola

Professora Olindina Roriz Dantas, alunos do Centro de Integração

José Cantarelli – Projeto Reviver

 

16 DE AGOSTO

9h às 11h – Caça ao tesouro – Poeira da Memória

Local: Escola Professora Olindina Roriz Dantas – Rodovia Álvaro Dantas de Almeida (Rodovia Estadual PE-420), zona rural

Público-alvo: alunos do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental da Escola Professora

Olindina Roriz Dantas

 

20 DE AGOSTO

19h às 21h30 – Teatro de rua – Alma do Patrimônio

Local: Ruas do centro da cidade

Público-alvo: maiores de 10 anos

 

24 DE AGOSTO

8h às 22h – Sarau, exposição, teatro, contação de histórias – As

esquinas por que passei: esquinas da memória

Local: Biblioteca Pública Manoel Costa Cavalcantti

Público-alvo: aberto ao público em geral.

 

15 DE SETEMBRO

9h às 14h – Fios da ancestralidade

Local: Clube da Associação dos Artífices de Belém do São Francisco

Rua dos Artífices, n. 1285, Centro

Público-alvo: mulheres das diversas faixas etárias

 

22 DE SETEMBRO

9h às 11h – Relicário de memórias

Local: Casa de Antonella

Av. Cel. Jerônimo Pires, nº 1431, Centro

Público-alvo: alunos de 06 a 12 anos da Escola de Belas Artes Madame Antonella

 

Fonte: Didi Galvão 

Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.