Bancada do governo na Alepe repercute vazamento da conversa de Moro e Dallagnol

10/06/2019 - Postado por Eugênio Menezes 49

Os deputados da bancada do governo Paulo Câmara na Alepe comentaram os últimos acontecimentos envolvendo o juiz Sérgio Moro e o procurador da república Deltan Dallagnol no plenário de hoje (10.06). O líder Isaltino Nascimento puxou a discussão na Casa e tratou as denúncias como muito graves. “Não podemos nos furtar em trazer esse debate e esperamos que o Congresso Nacional e os órgãos responsáveis estejam mobilizados para dar à sociedade todos os esclarecimentos”, ressaltou Isaltino.
Isaltino discorreu sobre matérias veiculadas em vários meios de comunicação nacional e internacional que abordaram a pauta. “É lamentável ter que vir aqui hoje nesta tribuna tratar sobre a parcialidade de um juiz e de um procurador da república”, disse. No aparte, o deputado Waldemar Borges (PSB) declarou que “fatos como esse desmoraliza a Lava Jato e revela uma desconfiança latente”. Para o deputado João Paulo, do PCdoB, ficou claro que nesse país existem dois pesos e duas medidas. “Isso é motivo de preocupação uma vez que desperta a desconfiança em processos investigatórios”, afirmou.
Os deputados Doriel Barros (PT) e José Queiroz (PDT) também fizeram suas falas no sentido de criticar as posturas dos envolvidos no escândalo.

A bancada da Oposição não comentou sobre o assunto.

 

Fonte: Didi Galvão

Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.