Republicanos recomenda candidaturas próprias nas capitais e em cidades acima de 200 mil eleitores

08/10/2019 - Postado por Eugênio Menezes 6

Durante reunião com presidentes estaduais do Republicanos, nesta segunda-feira (07), o presidente nacional da legenda, Marcos Pereira afirmou que a direção nacional vai elaborar uma resolução recomendando que o partido dê preferência a candidaturas próprias nas eleições do ano que vem nas capitais dos estados e nos municípios acima de 200 mil eleitores. Em Pernambuco o partido é presidido pelo deputado federal Silvio Costa Filho.

Pereira estabeleceu a meta de eleger 10% do número de prefeitos em todo o Brasil, portanto 550, e de no mínimo triplicar a bancada de vereadores. Em 2016, o partido elegeu cerca de 1200 parlamentares para as câmaras municipais, sendo 59 em Pernambuco. “Óbvio que temos que trabalhar com meta, porque quando trabalhamos com meta temos algo a perseguir”, disse Marcos Pereira, que é também vice-presidente da Câmara dos Deputados. Ele lembrou ainda que o partido sempre cresceu desde sua fundação, em 2005.

O presidente reconheceu que as regras atuais para as eleições municipais, sobretudo pelo fim das coligações para vereadores, é um elemento dificultador. Mas pediu energia e disposição das executivas estaduais na construção de candidaturas e de chapas competitivas.

Decisão nacional

Marcos Pereira também afirmou que as decisões de lançamento de candidaturas ou de apoios a candidatos de outros partidos em municípios acima de 200 mil eleitores serão discutidas, também, pelo comando nacional. “Não vamos tirar a autonomia dos municípios, mas vamos acompanhar para ajudar a tomarem as melhores posições”, disse o líder nacional. “Estamos preocupados em construir um partido forte, com projeto para o Brasil”, explicou.

Foco nos jovens e mulheres

O presidente Marcos Pereira também destacou a importância do fortalecimento dos movimentos dos jovens e das mulheres. Ele fez alertas a respeito do espaço reservado para mulheres nas chapas de vereadores e pediu que, quando possível, ultrapassar a cota de 30%. “Esse é o ideal”, afirmou.

Fonte: Didi Galvão

Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.