Coletiva de imprensa: Prefeito Miguel Coelho fala sobre a tentativa de homicídio sofrida pelo secretário José Carlos

11/12/2019 - Postado por Eugênio Menezes 53

Mensagem de texto e cartas assinadas com sangue eram algumas das ameaças sofridas, afirmou Miguel Coelho durante Coletiva de Imprensa

Blog do Edenevaldo Alves

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (11), sobre a tentativa de homicídio sofrida pelo Secretário Executivo da Ammpla, José Carlos Alves, o prefeito Miguel Coelho disse que já falou com o governador Paulo Câmara e com o Secretário de Segurança Social, Antonio Pádua e desde então a equipe da Polícia Civil, Polícia Militar e  da inteligência estão trabalhando em parceria no caso.  Ele salientou que a Polícia Federal também foi acionada  para atuar na área da inteligência e prover todo aparato disponível para elucidar o crime.

O prefeito afirmou que há três meses recebeu ameaças de morte, como já havia pontuado durante evento da prefeitura realizado em setembro no bairro João de Deus, zona oeste de Petrolina (PE). Além dele a família do secretário José Carlos, do diretor-presidente da Ammpla,  Edilson Leite e  do antigo diretor presidente da Ammpla, Geraldo Miranda também sofriam as intimidações que iam desde mensagem de texto,  visitas de carros não identificados nas respectivas casas e locais de trabalho e até  cartas assinadas com sangue. “Nós vinhamos recebendo isso desde que iniciamos esse o novo processo de concessão aqui em Petrolina, nós sabíamos que existia as ameaças, mas não imaginávamos que fosse chegar num ponto tão extremo como foi a tentativa de homicídio”, pontuou.

Questionado se existe alguma ligação entre o crime e a mudança do transporte público de Petrolina (PE),  Miguel dispara. “É muita coincidência  isso acontecer logo nos primeiros 15 dias que a gente está no novo sistema de transporte público. Não cabe a prefeitura, muito menos a mim ou qualquer um da nossa equipe está apontando eventuais suspeitos. Mas cabe a gente poder fornecer todas essas provas para que a Polícia Civil possa fazer o devido processo legal, a devida investigação e ela será o órgão competente para poder identificar a pessoa e trazê-la. Essa pessoa vai poder dizer quem mandou  ele executar essa tentativa de homicídio”, afirmou.

O prefeito enfatizou que  os trabalhos e as devidas mudanças continuarão para atender as demandas e necessidades da população petrolinense. “Se isso vai me colocar em rota de colisão com algum interesse de algum setor empresarial da cidade faz parte do ofício e eu me coloquei a disposição”, afirmou.

Estado de saúde do Secretário

As últimas informações sobre o  secretário José Carlos é de que ele já passou pela cirurgia  e agora está na UTI do Hospital Unimed onde deve permanecer por mais uma semana para tratar dos ferimentos.

Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.