Mais de 38 mil pessoas já estão curadas da Covid-19 em Pernambuco

26/06/2020 - Postado por Eugênio Menezes 7



A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta sexta-feira (26.06), 668 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 480 (72%) são casos leves e 188 (28%) se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Agora, Pernambuco totaliza 55.804 casos já confirmados, sendo 18.864 graves e 36.940 leves. Além disso, o boletim registra 38.185 pessoas curadas da Covid-19 no Estado. Desse total, 9.027 são de casos graves e 29.158 casos leves.

Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 175 municípios pernambucanos (tabela 1), além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.

Também foram confirmados laboratorialmente 122 óbitos (sendo 54 do sexo feminino e 68 do sexo masculino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Bodocó (1), Brejo da Madre de Deus (1), Cabo de Santo Agostinho (13), Camaragibe (5), Canhotinho (1), Carpina (2), Caruaru (7), Catende (1), Escada (4), Goiana (1), Igarassu (1), Ipubi (2), Itambé (1), Jaboatão dos Guararapes (23), Moreno (2), Olinda (6), Palmares (1), Paulista (2), Petrolina (1), Recife (39), Santa Cruz do Capibaribe (1), Sirinhaém (1), Tamandaré (2), Vitória de Santo Antão (2) e Xexéu (1), além de um caso de outro Estado. Com isso, o Estado totaliza 4.610 mortes pela doença.

Do total de mortes registradas no boletim de hoje, 97 mortes (79,5%) ocorreram entre o dia 11 de abril e 22 de junho e 25 (20,5%) ocorreram nos últimos três dias. Os pacientes tinham idades entre 26 e 100 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (1), 30 a 39 (8), 40 a 49 (5), 50 a 59 (16), 60 a 69 (27), 70 a 79 (37), 80 ou mais (28).

Dos 122 pacientes que vieram a óbito, 67 apresentavam comorbidades confirmadas: hipertensão (31), diabetes (30), doença cardiovascular (26), histórico de AVC (7), doença respiratória (5), tabagismo/histórico de tabagismo (5), doença de Alzheimer (4), obesidade (4), doença renal (3), câncer (2), etilismo/histórico de etilismo (2), tumor cerebral (2), imunodeprimido (1), anorexia (1) e doença hepática (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Oito pacientes não apresentavam comorbidades e os demais estão em investigação pelos municípios.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 15.214 casos foram confirmados e 18.019 descartados. As testagens abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Estado foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar os profissionais da área da saúde.

Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.