Salgueiro: PSB oficializa candidaturas a prefeito e vereador em convenção online

14/09/2020 - Postado por Eugênio Menezes 10

O PSB oficializou as pré candidaturas de Dr. Marcones e Dr. Edilton à Prefeitura de Salgueiro e de 50 nomes à Câmara de Vereadores, nesta noite de domingo (13), em convenção partidária transmitida Ao Vivo do Spaço Fest.

A presidente do PDT, Raimunda Barros, reforçou a presença da sigla na Coligação ‘Unidos por Amor a Salgueiro’ dizendo que “o PDT não poderia se negar a fazer uma aliança com o PSB.” Para ela, o objetivo maior do alinhamento é “construir uma política pública voltada para as classes populares, as minorias e para o trabalhismo no Brasil, no Estado de Pernambuco e no município de Salgueiro.”

Já o presidente do Cidadania, também presidente da Câmara de Vereadores, George Arraes, falou sobre os problemas na administração municipal, entre eles, na área da saúde pública. “Hoje, o que as pessoas mais desejam é saúde pelo tanto que sofreram em ir a uma unidade de saúde e não ter atendimento mínimo, não ter o medicamento, não ter a luva, os materiais para fazer os exames.” E disse estar com o coração muito tranquilo por estar defendendo o projeto representado por Dr. Marcones e Dr. Edilton.

O candidato a vice-prefeito, Dr. Edilton (CIDADANIA), mostrou determinação em ser um vice atuante, criticou planos de governos e campanhas dirigidas por marketeiros e apontou uma forma participativa de construção de propostas. “Vamos olhar pra frente. Vamos conversar com a população de Salgueiro”. Ele, ainda, falou sobre a necessidade de melhorias nas ações de saúde, de oportunidade do primeiro emprego, de atração de empresas e considerou humilhantes algumas determinações que prejudicam os mais pobres. “Os agricultores muitas vezes não têm uma cesta básica, como é que vão abastecer tratores para servir a população?”

Além de falar sobre a falta de medicamentos básicos nos postinhos, o candidato a prefeito, Dr. Marcones Sá, lembrou das 50 creches prometidas pelo atual prefeito, na campanha passada, do desmonte da assistência social e garantiu que não era o salvador da pátria, mas que era possível uma administração com os pés no chão, recursos bem aplicados e a garantia de direitos à população.

“A proposta da campanha passada eram 50 creches. Deixamos 3 creches em andamento, Planalto, Cohab e Conceição das Crioulas, com recursos garantidos do FNDE, do Pró-criança e uma só não foi concluída. Isso representa a falta de compromisso com a criança”, afirmou. E completou: “Uma administração que não tem preocupação com a criança, com sua juventude e com as pessoas que viveram mais, é uma administração sem compromisso social. As políticas públicas da assistência foram, totalmente, abandonadas. Essa semana, eu estive no Centro Social Urbano e na Praça Ceu, na Cohab, e é uma coisa de cortar o coração”.

Foram exibidos depoimentos de apoio gravados pelo presidente Nacional do PSB, Carlos Siqueira, do Presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, do Presidente estadual do Cidadania e deputado federal Daniel Coelho, do deputado federal João Campos, do governador Paulo Câmara e do vereador Ednaldo Barros.

Assessoria de Comunicação

Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.