Policia Federal prende ex-parlamentar a prisão é decorrente da Operação Sanguessuga do primeiro governo de Lula

01/04/2024 - Postado por Eugênio Menezes 10

A ex-parlamentar, condenada por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, ocupa o cargo de secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e Igualdade Racial na cidade de São João de Meriti/RJ.

Na manhã desta segunda-feira, 1/4, a Polícia Federal prendeu uma ex-deputada federal do Rio de Janeiro que estava foragida da Justiça. A prisão foi efetuada na cidade de São João de Meriti/RJ, na Baixada Fluminense.

A presa, de 72 anos de idade e nascida no Rio de Janeiro, ocupa o cargo de secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e Igualdade Racial na Prefeitura de São João de Meriti. Ela foi condenada pela prática dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A prisão é decorrente de investigações que remetem ao ano de 2006, quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Sanguessuga (Máfia das Ambulâncias) para desarticular um grupo criminoso formado por parlamentares e empresários, o qual fraudava licitações para aquisição de ambulâncias em prefeituras de, ao menos, 20 estados brasileiros.

Policiais federais localizaram a ex-deputada na Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e Igualdade Racial de São João de Meriti, onde foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva decorrente de decisão condenatória, expedido pela 7ª Vara da Seção da Justiça Federal em Mato Grosso no dia 25 de março de 2024.

Após a formalização da prisão, a mulher foi levada à Delegacia de Polícia Federal em Nova Iguaçu para os procedimentos de praxe, de onde será encaminhada ao Instituto Médico Legal para a realização de exame de corpo de delito, e posteriormente ao sistema prisional do estado, onde permanecerá à disposição da Justiça. Ela deve cumprir pena de nove anos de reclusão pelos crimes cometidos.

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro

Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.