Abaré: “A justiça está aí pra reconhecer quem está fazendo o certo”, disse Fernando Tolentino

10/01/2019 - Postado por Eugênio Menezes 24

Já passava de meia noite quando a multidão que aguardava o prefeito Fernando Tolentino na frente da prefeitura foi agraciada com sua presença acompanhada de uma intensa queima de fogos.

 

Visivelmente emocionado, Fernando falou aos populares que o aguardavam agradecendo as manifestações de apoio, e em especial nesse momento o qual caracterizou como um momento onde sofre grande “perseguição política” por parte de vereadores da oposição que se juntaram com dois outros ex-aliados da situação promovendo segundo ele uma “caçada” a fim de retirar um mandato ungido pelo povo.

 

Fernando adiantou que a “luta está apenas começando” E que conta com o apoio de todos que acreditam na sua honestidade e no seu caráter à frente dos destinos do município. “Eles não vão parar por aí, mas nós estamos prontos pra enfrentar todas e ganharmos porque a justiça está aí pra reconhecer quem tá fazendo o certo, e nos estamos fazendo o certo“, pontuou.

 

Ainda na euforia da chegada festiva, Tolentino se reuniu com as lideranças das aldeias indígenas Tuxi é Tumbalalá além dos Trabalhadores Sem Terra que ocupavam a prefeitura desde a noite de segunda-feira (07/01). As lideranças expuseram pautas de reivindicações diante do mesmo é de alguns secretários presentes e ouviram do gestor que a Prefeitura fará a análise de cada item pontuado, em momento oportuno convocará os representantes desses movimentos para traçar o cumprimento daquilo que foi reivindicado. Em acordo, os movimentos concordaram em desocupar o prédio e aguardar a manifestação da administração no atendimento das demandas propostas.

 

Sobre as acusações que pesam contra o prefeito no processo que o levou a cassação, Fernando deverá se manifestar nesta quinta-feira (10/01), em nota, por meio da assessoria de comunicação esclarecendo a população.

 

O mandatário havia sido cassado por decisão da maioria de dois terços dos vereadores em sessão extraordinária na Câmara Municipal, na última terça-feira foi reconduzido ao cargo em menos de 24h por força de Liminar expedida pela Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia.

 

Fonte: Didi Galvão 

 

Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.